A volta dos meus textos

Mês passado, o blog completou treze anos. Houve um período em que, além das postagens sobre vários aspectos do ballet clássico, eu escrevia textos opinativos sobre o ballet na idade adulta, a questão do corpo, a dança de maneira geral e afins. Os anos foram passando, fui perdendo a vontade de escrever e, assim, o Dos passos da bailarina virou um arremedo do que foi um dia.

Mas essa vontade voltou.

Durante o primeiro ano de pandemia, eu acompanhei dança de uma outra maneira, bem mais ampla. A minha visão mudou, alguns incômodos surgiram e quero conversar sobre isso. Vamos?

Toda quinta-feira, vou publicar textos novos. Sim, toda quinta-feira.

Para não perder as postagens, você pode:
assinar o blog para receber os textos por e-mail ou
me seguir no @dospassosdabailarina, lá no Instagram, onde vou publicar os links nos stories.

Espero vocês. Até semana que vem!

Para esquentar o corpo e a mente, um trecho da obra Y Olé!, de José Montalvo. Quantas gêneros de dança vocês veem aí?

Teaser de “Y Olé!”, José Montalvo, set. 2016.
Quem quiser assistir ao espetáculo completo, ele está disponível no Arte 1, somente para assinantes.