Palavras de Sylvie Guillem (2)

Há tempos eu guardo esta entrevista com a Sylvie Guillem. Li pela primeira vez em uma das publicações do The Ballet Bag no Twitter.

Aqui estão os trechos que achei mais pertinentes para compartilhar. Para ler, reler, pensar e se questionar.

“Eu compreendi desde cedo que há outra maneira de trabalhar que não é física. É por isso que eu sempre digo aos bailarinos, ‘Use sua cabeça – É menos cansativo e muito mais eficiente’.”

“Acho que há uma enorme falta de informação e vontade dos bailarinos em saber [profundamente sobre a história, personagens e temas que eles apresentarão no palco]. Eles ou não querem saber ou não sabem quais perguntas devem fazer. E as pessoas que respondem essas perguntas não sabem realmente as respostas. Então, ninguém perguntará nada e isso continua e continua e continua. Perde-se um pouco de frescor, espontaneidade e inteligência. E, no fim, o ballet clássico torna-se somente físico – a plateia reconhece as técnicas, mas a apresentação não é emocionante.”

“Quando a apresentação no palco é inteligente e você entende que é, encontra-se muito mais. Quando não há sentido, mas é somente bonito, não se torna tão profundo quanto deveria ser.”

“Às vezes, o clássico pode ser muito falso. Mas se é feito com o coração, como ser humano, tem valor.”

Onstage with Sylvie Guillem, The Nation, 29 nov. 2011.
Para ler a entrevista completa, em inglês, aqui.

Como não amá-la, alguém me diz?

Bag of Steps

Pesquisando sobre técnica, encontrei um post só sobre giros no excelente The Ballet Bag (Aliás, quem não é leitor assíduo do blog, mude isso já!). Fiquei ainda mais feliz quando notei que havia uma série de posts, todos bem-explicados, com vídeos e fotos para a gente entender melhor. Impossível não compartilhar. Não só, é um material para ser consultado sempre.

A série chama-se Bag of Steps. Para acessar cada post, basta clicar no título.

Ballotté
Eight Positions – Oito posições
Eight Positions in Action – Oito posições (do corpo) em ação
Big Jumps (Part 1) – Grandes saltos (Parte 1)
Big Jumps (Part 2) – Grandes saltos (Parte 2)
Small Jumps (Part 1) – Pequenos saltos (Parte 1)
Turns – Giros
Adagio
Connections – Conexões (Passos de ligação)

Quem quiser pesquisar por passo específico, há uma lista daqueles que constam nos posts. Para acessar, aqui.

*

ATUALIZAÇÃO: Eu li o pensamento de Emilia e Linda, porque hoje elas atualizaram a série e publicaram um post com os passos de ligação (connections). Vamos lá, todo mundo estudando.

Blog Day, dois dias depois

Dia 31 de agosto foi o Blog Day, um dia criado especialmente para indicarmos blogs legais. Eu não sabia, já havia um post, ontem foi Dia da Bailarina, então ficou para hoje mesmo.

Indicarei quatro blogs. Nenhum de alguma “companheira de sapatilha” específica, para não chatear ninguém (basta procurarem na lista à direita, todas estão lá). E os indicados são:

The Ballet Bag
Sinceramente, é o blog mais completo sobre o mundo do ballet clássico. Criado e mantido por Emilia e Linda, todas as informações sobre espetáculos, bailarinos e afins a gente encontra no The Ballet Bag. Além do blog, elas mantêm informações no Facebook, Twitter e Tumblr.

Dicas de Dança
Informações sobre várias danças, dicas, audições, vídeos com aulas, há muito conteúdo bacana no Dicas de Dança.

Infodansa
Quer saber o que acontece no mundo da dança? Cursos, espetáculos, notícias, informações diversas são publicadas no Infodansa. Eu o acompanho há bastante tempo.

Músicas de Ballet
Se eu ouço ballets de repertório enquanto trabalho, se faço em casa a minha barra com fundo musical, devo isso ao Músicas de Ballet. Já baixei muita, mas muita coisa bacana. Sério, é visita obrigatória de toda bailarina dedicada.

Quem quiser indicar o próprio blog, ou outros, nos comentários, sinta-se à vontade.

*
Quem ainda não respondeu à pesquisa, vamos lá? Termina sábado.