Um bailarino em Grey’s Anatomy

Porque amo o que faço. Mais do que tudo. Você não encontra algo que ama tanto e deixa ir. Você se prende a ele, se dedica a tudo.

Grey’s Anatomy, sétima temporada, episódio 4.

Depois de uma bailarina em House, agora a mesma coisa acontece na série Grey’s Anatomy. Dois pacientes têm a saúde comprometida e, com isso, podem ter de abandonar aquilo que mais amam. A frase que abre o post é de um cientista, que teve de ser operado por conta de um experimento. O outro paciente é um bailarino de 15 anos, com um tumor maligno na tíbia direita.

Reproduzi para vocês um diálogo entre ele e um dos médicos da equipe.

Bailarino: Querem cortar a minha perna. Meu Deus.
Médico: Olha, tem um corredor com próteses que é melhor que os de pernas reais.
Bailarino: Deve haver outra maneira.
Médico: As próteses hoje em dia são impressionantes.
Bailarino: Você não entende! Eu preciso da minha perna!
Médico: Eu entendo.
Bailarino: Não entende. Eu não consigo explicar. Apenas… Eu mostro a você. Deixe-me mostrar a você.

E acontece esta cena que abre o vídeo promocional do episódio.

Infelizmente, a coreografia completa só durante o episódio.

A maioria das bailarinas entende o que o médico jamais conseguiria entender. Outras reconhecem na frase do cientista algo referente a sua própria vida. Eu entendi o bailarino, mas não sou igual ao cientista. O meu grande amor não é o ballet clássico. É o seu?