Livro “Métodos do balé clássico: história e consolidação”

Você estuda por qual método? Geralmente, estudantes dos cursos regulares trazem a resposta na ponta da língua: no Brasil, os mais comuns são Royal e Vaganova. Nos cursos livres, aí vira uma mistura: é um pouco do russo com o italiano, tem alguma coisa do francês, parece que é Royal.

Afinal, o que caracteriza cada um deles?

O livro “Métodos do balé clássico: história e consolidação” é fruto do mestrado da Caroline Konzen, realizado no Cefet/MG no ano passado. Ela pesquisou sobre o processo de consolidação dos quatro métodos mais utilizados no Brasil e no mundo: italiano (Cecchetti), francês (Escola Francesa), russo (Vaganova) e inglês (RAD).

O objetivo não é ensinar os métodos, mas compreender os aspectos sociais, culturais e políticos de cada um deles. Esse é um livro para quem deseja se aprofundar no estudo teórico, mas também é importante para quem quer conhecer melhor o que estuda em sala de aula.

Para comprar:
Editora CRV, aqui.

* * *

Observação: Este não é um publieditorial.