O arabesque perfeito em movimento

Dia desses, publiquei uma foto da bailarina Bianca Scudamore e seu arabesque perfeito na final do Prix de Lausanne 2015. Agora, assistam ao vídeo da sua apresentação, ela dançou a “Variação da Fada Lilás”, de A Bela Adormecida.

O seu arabesque não foi perfeito uma vez, ela faz toda uma sequência de perfeição. Depois, ela só baixa um pouquinho o braço direito nos arabesques, mas não atrapalha em nada. Sua qualidade técnica e artística não se resume a isso, ela é belíssima! Em tempos de ballet acrobático, assistir a uma bailarina tão nova dançando dessa maneira me deu até um afago no peito.

“Variação da Fada Lilás”, Bianca Scudamore, Prix de Lausanne 2015.

O arabesque perfeito

Cada vez mais raro no ballet, o arabesque 90 graus é sinônimo de perfeição. Nesta foto, tudo está no seu devido lugar: a perna do arabesque em relação ao chão e à perna de base, a colocação do tronco, os braços, as mãos, a cabeça, o olhar. Tudo.

Para imprimir e colar na parede, para estudar sempre e servir de inspiração.

Bianca Scudamore, Prix de Lausanne 2015. Foto: Gregory Batardon.

***

Para assistir à Bianca dançar, e ver esse lindo arabesque em movimento, aqui.