Anna Karenina

Romance de Leon Tolstói, publicado entre 1873 e 1877, conta a história de uma mulher adúltera na Rússia do século XIX. Eu ainda não li o livro, apesar de conhecê-lo, tampouco havia assistido a uma das versões cinematográficas. E, pelo menos nisso, me redimi hoje.

Assisti à versão de 1997, dirigida por Bernard Rose, com Sophie Marceau no papel principal.

Determinada cena acontece em um teatro, em plena apresentação de O lago dos cisnes. Lá fui eu pesquisar para publicar e o que encontrei? O ballet Anna Karenina.

Rodion Shchedrin compôs a música em 1972 e dedicou a sua esposa, ninguém menos que Maya Plisetskaya. Quem quiser ver um trecho da montagem realizada pelo Bolshoi Ballet em 1976 e lançada em DVD, clique aqui.

Na minha primeira pesquisa, encontrei a montagem do Mariinsky Ballet, com música de Shchedrin e coreografia de Alexei Ratmansky. A estreia aconteceu em outubro do ano passado. Duas bailarinas ficaram responsáveis pela protagonista: Ulyana Lopatkina e Diana Vishneva.

Lindíssima montagem, daquelas que só uma bailarina experiente conseguiria “segurar”. Preciso dizer que me apaixonei?