Como amarrar as fitas de cetim

Sei que há vários vídeos seguidos ultimamente, mas pensei nisto hoje enquanto amarrava as minhas sapatilhas de ponta. Às vezes, esqueço de falar o básico por aqui.

Neste vídeo do Anaheim Ballet, duas maneiras de amarrar as fitas de cetim das sapatilhas, além de maneiras de mantê-las firmes, sem soltar. Está em inglês, sem legendas, mas dá para entender direitinho.

P.S. Quem ficou em dúvida sobre o quê ela espirra no pé, é água.

Dia Internacional da Dança

Pouco tempo depois de começar as aulas de dança, assisti a um vídeo da Anaheim Ballet que me incentivou muito. Mas muito! De alguma forma, talvez eu o guarde comigo até hoje para esquecer a frase “Você não pode”. Posso. Podemos.

*

Aqui está a tradução livre das falas do vídeo.

Você é fraco demais
Você apenas é… diferente demais
Você é velha demais
Você é pequena demais
Você é grande demais
Você é urbano demais
Você é baixa demais
Você é alto demais

Fraco demais
Velha demais
Diferente demais
Grande demais
Você é pequena demais
Urbano demais
Alto demais

Você é…
Você é…
Você é…
Você é…

Não há palavras no ballet

*

Não apenas no ballet, mas em qualquer dança. Se temos um corpo, se nele habita uma alma, somos capazes de dançar. No Dia Internacional da Dança, não nos esqueçamos disto: ninguém, eu disse ninguém!, pode nos tirar esse belíssimo direito. Quanto mais o tempo passa, mais eu acredito que o ser humano nasceu para dançar.

Canais no YouTube

Não apenas eu, mas várias bailarinas já comentaram aqui, o YouTube é nosso companheiro para encontrar vídeos de ballets de várias épocas, repertórios, escolas e companhias pelo mundo afora.

Há quem vá além e crie canais no site. Algumas companhias de dança criaram esses canais e publicam sempre diversos vídeos sobre a sua trajetória. Isso sim é saber usar uma ferramenta da Internet de maneira inteligente.

Aqui estão os canais de algumas companhias. Quem souber de outros, por favor, nos avise.

New York City Ballet – É um dos mais completos. Há entrevistas com os bailarinos, processos de montagem, trechos inteiros de apresentações. Para ver, clique aqui.

San Francisco Ballet – Trechos de ensaios e apresentações. Para ver, clique aqui.

Houston Ballet – Diversos trechos de apresentações. Para ver, clique aqui.

Royal Opera House – Até o Royal tem canal no YouTube! O que eles fazem são trailers dos espetáculos, tanto de ballet, quanto de ópera e afins. São bem-feitos e nos dão uma vontade imensa de assistir ao vivo. Para ver, clique aqui.

Anaheim Ballet – Esse é um grande conhecido de várias bailarinas. Não há quem não tenha visto, pelo menos, um vídeo realizado por eles. Há tudo: perfis de bailarinos da companhia, trechos de ensaios, clipes, videoaulas, dicas e até uma bailarina que tira dúvidas de internautas. Quem dera existissem mais canais assim. Para ver, clique aqui.

*

Quem quiser conhecer os sites oficiais das companhias, basta clicar nos nomes de cada uma.