Negra Voz: Mercedes, Consuelo, Bethania, Ingrid

“O Brasil não vê a mulher negra como uma bailarina clássica.”

Ingrid Silva, no quinto episódio do Negra Voz Podcast.

Quatro bailarinas brasileiras negras que tiveram suas histórias interligadas não apenas pela dança, mas pelo racismo, que interviu no caminho de todas elas.

Da esquerda para a direita: Bethania Gomes, Mercedes Baptista, Ingrid Silva e Consuelo Rios. Imagem: Negra Voz Podcast.

No último episódio de sua primeira temporada, o podcast Negra Voz contou as histórias de Mercedes Baptista, primeira bailarina negra a integrar o corpo de baile do Theatro Municipal do Rio de Janeiro; Consuelo Rios, uma das maiores professoras de ballet clássico do Brasil; Bethania Gomes, primeira bailarina negra brasileira a chegar ao posto de primeira-bailarina de uma companhia; e Ingrid Silva, primeira-bailarina do Dance Theatre of Harlem. Além delas, também descobrimos Beatriz Nascimento, historiadora e ativista do movimento negro, mãe da Bethânia. A Biblioteca do Arquivo Nacional recebeu o seu nome.

O podcast é tão bem-feito que uma história nos leva a outra, vamos descobrindo as trajetórias dessas mulheres e, quando nos damos conta, os nossos olhos estão marejados. É uma aula de história, de política, de arte, de dança.

Ouçam. São apenas 30 minutos que valem por um tempo sem medida.

Para ouvir, basta escolher um desses links:

YouTube, aqui.
Spotify, aqui.
Apple Podcast, aqui.
Google Podcast, aqui.
Deezer, aqui.

Um comentário sobre “Negra Voz: Mercedes, Consuelo, Bethania, Ingrid

Os comentários refletem a opinião das leitoras e dos leitores e não correspondem, necessariamente, à opinião da editora do blog.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s