Pés machucados para todo mundo ver

Vocês sabem o que é gastura? É uma sensação de mal-estar, náusea, aflição provocada por alguma coisa. É o que eu sinto ao ver fotos de pés machucados de bailarinas.

Há tempos quero escrever a respeito dessa ode ao sofrimento, dessa valorização do corpo maltratado em prol de uma técnica clássica impecável. Outro dia escreverei com calma, mas agora há dois pontos importantes: primeiro, isso não é privilégio de bailarina. O carteiro do meu bairro comentou comigo uma vez o que ele faz ao chegar em casa depois de um dia inteiro caminhando, porque os seus pés ficam estourados. Ele não faz ballet clássico. Segundo, alguém acha que as bailarinas serão mais valorizadas como artistas porque o pé está sangrando? Na minha primeira aula de ponta, realizada sem ponteira, uma parte do meu dedinho do pé direito praticamente saiu de mim. Isso significou que danço ballet? Não, eu mal sabia me equilibrar!

Pés machucados só querem dizer isso, que eles sofreram alguma pressão, atrito ou excesso de treino. Mais nada.

Antes, os pés machucados ficavam restritos às salas de aulas, aos camarins e às coxias. Já vi dedos quebrados,  band-aid tentando esconder pus, e muita gente se gabando por isso. Agora, em tempos de redes sociais, perdi as contas das bolhas estouradas, das gazes ensopadas, dos sangramentos que passaram pelos meus olhos sem que eu pedisse. Ontem mesmo vi uma foto que até agora não saiu da minha cabeça. E isso vem de todos os lados: bailarinas profissionais, estudantes de ballet, editoriais, existe até um livro de fotografias.

Será que não falta um mínimo de bom senso?

Cada qual carrega os seus troféus como quiser. Se há bailarinas que veem nas bolhas estouradas e nos pés sangrando uma vitória, é uma escolha. Mas eu não encaro assim quando é no meu corpo, tampouco gosto de ver isso no corpo alheio. Porém, em qualquer um dos casos, respeito vale para todos e não é necessário que esses troféus sejam esfregados na cara dos outros, especialmente de quem não pediu para vê-los.

Ao contrário do que parece, bolhas e sangramentos não são medidas para uma boa bailarina. Talento e técnica, sim.

6 comentários sobre “Pés machucados para todo mundo ver

  1. Por sorte a maioria das pessoas que eu conheço e sigo nas redes sociais, tanto amadores quanto profissionais, preferem mostrar os pés dentro das sapatilhas mesmo rs
    Acho que existem fotos e fotos. Algumas são mais artísticas, meio que como um chacoalhão, do tipo, “você acha que ser bailarina é ser bonequinha? Aham, senta lá”, mas nesses casos há um contexto, sabe? Vi uma foto uma vez em que se mostrava os pés na ponta, mas era uma montagem que mostrava “dentro’ da sapatilha, sabe? Aí acho… Bom, não é uma coisa legal, agradável de se ver, mas acho ok. Mas fotos dos pés machucados simplesmente porque sim… Não, obrigada.

  2. Lia esse texto e aquela música de Turn Down For What tocando na minha cabeça, até o grito no final, hahahah.
    Gente, eu fico com raiva quando dá bolha, não orgulhosa. Dói! Incomoda! Que cês tão fazendo???

Os comentários refletem a opinião das leitoras e dos leitores e não correspondem, necessariamente, à opinião da editora do blog.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s