Para começar

Para o primeiro post do ano, eu escolhi o trailer do novo espetáculo da Sylvie Guillem por vários motivos. Mas o principal é para abrir a nossa mente. Amamos o ballet clássico, as sapatilhas de ponta são nossas amigas, mas acho importantíssimo abrirmos os olhos, o corpo, o coração, a mente e a percepção para a dança de diferentes maneiras.

Além disso, ela é uma das maiores bailarinas de todos os tempos (para mim, é a melhor), e consegue transitar entre clássico, moderno e contemporâneo da maneira mais tranquila do mundo. Porque ela não dança isso ou aquilo. Ela dança. E ponto.

Sei que não somos profissionais e podemos nos dedicar a apenas uma modalidade. Mesmo assim, acho bacana perceber que aquilo que é nosso não é único. O mundo é vasto, graças a Deus.

Quando comecei a dançar, não consegui ficar parada em uma dança. Até que me decidi apenas pelo ballet clássico e a minha alma de artista ficou um pouquinho enjaulada. Eu gosto da amplitude. Por isso, como vocês sempre viram por aqui, continuarei a ir um pouco além do clássico. A bailarina que mora em mim é mais feliz assim.

Um 2011 incrível e com muita dança a todos nós.

5 comentários sobre “Para começar

  1. Olá, Cássia! Faz muito tempo que acompanho de perto teu blog e cheguei a comentar um post falando sobre o medo de começar as aulas para adultos iniciantes no clássico. Desde então, lá se vão mais de dois anos entre as sapatilhas, coques e colants. E, antes de tudo, com o corpo desperto pela dança. Não apenas o clássico, mas a dança. Ia fazer este comentário em teu post mais recente sobre o assunto, mas quando encontrei esta referência à Sylvie não resisti. hehe. Pra mim, ela é mesmo essa comunhão entre *os olhos, o corpo, o coração, a mente” para a dança. Lendo teus posts, fico feliz com tua coragem, a qualidade dos textos e por tua escolha pra 2011. Porque o corpo é beleza em movimento, com ou sem pontas ou toutou.

  2. Lindo video.

    Estou fazendo moderno e abriu em minha mente um leque de possibilidades de movimento.

    Ballet tb é minha paixão e profissão, mas o corpo precisa vivenciar sempre mais.

    Um 2011 rpleto de realizações bailarinisticas, rs

Deixe uma resposta para escrevendo com os pés Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s