Qual é o seu repertório preferido?

Eu ainda não conheci uma bailarina que não tivesse o seu ballet de repertório preferido, aquele que, se pudesse, ela dançaria do começo ao fim.

Durante um bom tempo, o meu foi Dom Quixote. Com música de Minkus e coreografia de Petipa, estreou em 1869, inspirado no livro de Miguel de Cervantes. Eu sonhava em fazer a Kitri. Quando assisti ao ballet completo, chorei emocionada, ele é belíssimo do começo ao fim.

Trecho do “Grand pas de deux do terceiro ato”, Dom Quixote, Ópera de Paris. Valentine Colasante (Kitri) e Paul Marque (Basílio).

Mas ganhei mais um amor depois de assistir à La bayadère. Também com música de Minkus e coreografia de Petipa, estreou em 1877. Dele eu dançaria tudo: Nikiya, Gamzatti, pas de quatre, todas as coreografias do corpo de baile.

“Variação de Gamzatti”, La bayadère, Valentine Colasante (Gamzatti).

As minhas versões preferidas dos dois ballets foram realizadas pela Ópera de Paris. Há algo especial nas montagens realizadas lá, mas eu ainda não descobri o que é.

Dom Quixote é mais bonito e interessante para quem assiste, mas La bayadère é maravilhoso para quem dança. Quisera eu, um dia, dançar os dois.

*

A história de Dom Quixote, aqui.
A história de La Bayadère, aqui.

*

ATUALIZAÇÃO: 22 de maio de 2022

Quando este post foi escrito, em 13 de fevereiro de 2009, os vídeos de repertórios publicados no YouTube não eram de contas oficiais das companhias. Geralmente, eram trechos publicados por pessoas apaixonadas por ballet clássico. Por isso, era muito comum os vídeos simplesmente sumirem da plataforma, porque eram apagados. Isso aconteceu em várias publicações deste blog.

Em vários casos, eu não consigo encontrar uma publicação oficial, mais difícil de ser apagada, que substitua a publicação original do post. Foi assim neste caso. Quando publiquei, os dois vídeos eram da Ópera de Paris: o grand pas de deux do terceiro ato de Dom Quixote, com Aurélie Dupont e Manuel Legris, e o grand pas de deux do terceiro ato de La bayadère, com Elisabeth Platel e Laurent Hilarie. Para mim, essas duas duplas são imbatíveis nessas montagens e os grand pas completos são lindos. Vale a busca para assisti-los.

Mas, qual a graça em deixar o post sem vídeos? Sendo assim, republiquei com vídeos atuais do canal oficial da Ópera de Paris no Youtube: ambos são das montagens de Dom Quixote e La bayadère da companhia, mas apenas trechos das montagens. Não é a mesma coisa, mas vale como demonstração.

15 comentários sobre “Qual é o seu repertório preferido?

  1. Engraçado como as coisas mudam. Um ano atrás eu responderia “O Lago dos Cisnes” de boca cheia, hoje já vejo que é “Coppelia”. Eu acho que é um ballet que tem tudo a ver comigo: ele é divertido, vibrante, forte, com coreografias elegantes e engraçadinhas ao mesmo tempo. Se eu pudesse dançar um ballet, seria Coppelia.

    Mas na minha lista de favoritos entra “Raymonda”, “La Bayedere” (gente, que é que aquela parte do Kingdom of Shades, hein?) e o próprio “O Lago dos Cisnes”. Inclusive, acho que sou uma das poucas bailarinas (olha só eu me chamando de bailarina hahaha) que não curte tanto “Giselle”. Já assisti várias montagens e alguma coisa não clicou.

  2. Bom,eu estou de folga hoje e resolvi ler seus posts mais antigos,porque ainda não tive tempo de ver tudo por causa da correria da vida.
    Meu repertório preferido é um ballet que pouquissímas pessoas conhecem,mas que é realmente lindo!
    Adivinha…é…Pássaro de Fogo.Não sei explicar o por quê,mas desde que comprei o dvd e assisti pela primeira vez,fiquei perdidamente apaixonada.Acho a estória totalmente encantadora e linda e não me canso de assistir o ballet.
    Sonho em dançar esse ballet!

  3. O LAGO DOS CISNES!
    É o ballet mais perfeito de todos!

    Mas… Les Sylphides, é minha segunda paixão!

  4. Oi…
    Estou procurando alguma apresentação de um Ballet chamado “As Estações”, de Petipa e música de Alexander Glazunov… o Ballet é de 1900…Se alguem souber onde encontrar, por favor me digam.
    Obrigada

  5. Claudia, acho que eu sou a única bailarina no mundo que não gosta do Lago dos cisnes. Ainda farei um post sobre isso. Também gosto do Quebra-Nozes, dancei a Valsa das Flores, e acho o ballet inteiro uma graça!

    *

    Thays, essa variação de Esmeralda com a Osipova foi um dos primeiros vídeos de ballet que eu assisti, é mesmo fascinante! Eu revejo volta e meia e adoro sempre! Ah, e viva o YouTube, eu vasculho vídeos por lá direto e há umas raridades. E pena que encontrar ballets inteiros, ou a gente compra em sites internacionais ou baixa pela internet. Nada de encontrar por aqui, eu acho isso o fim!

    Beijos.

  6. Não cheguei a assistir um ballet de repertório do início ao fim, apenas trechos no youtube.
    O que me encantei primeiro foi Dom Quixote também, que assisti com Angel Corella e Paloma Herrera do ABT.
    Depois vieram Quebra-Nozes e Esmeralda (tem um com a Natalia Osipova que é fascinante!)

  7. oi cássia! como já lhe disse, meu preferido é o lago dos cisnes, que tive a alegria de ver com o royal opera house. mas, sinto uma quedinha toda especial pelo quebra-nozes, ballet que já dancei. bjs, querida!

Os comentários refletem a opinião das leitoras e dos leitores e não correspondem, necessariamente, à opinião da editora do blog.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s